Notícias

SITUAÇÃO DAS INUNDAÇÕES NO DISTRITO DE STEINFURT: INFORMAÇÃO ACTUALIZADA E ALERTA PARA A POPULAÇÃO

A precipitação extrema dos últimos dias fez com que vários rios e sistemas de retenção de água no distrito de Steinfurt ficassem cheios e, em alguns casos, transbordassem.

Os pontos críticos actuais são Rheine, Emsdetten, Greven e Lotte. Os serviços de emergência dos bombeiros, da polícia, dos serviços de salvamento, do governo e de várias organizações de socorro, como a THW e a DLRG, têm estado a combater as inundações desde a véspera de Natal.

Tendo em conta a situação atual, os serviços de emergência do distrito de Steinfurt apelam às pessoas para

  • evitar a todo o custo as zonas afectadas e circular por elas o mais possível,
  • não “explorar” estradas e caminhos inundados
  • não entrem em circunstância alguma na água ou noutras zonas inundadas. Existe aqui um grande perigo para a vida!
  • Não permanecer em caves ou parques de estacionamento subterrâneos em caso de perigo de inundação,
  • Siga as instruções dos serviços de emergência locais.

A situação meteorológica atual pode ser consultada nos meios de comunicação social locais. Mais informações e instruções também podem ser encontradas na aplicação de aviso NINA.

[Texto: Gabinete de Imprensa Kreis Steinfurt].

SITUAÇÃO ACTUAL EM Rheine:

14:23 – O Museu Falkenhof está fechado até novo aviso; as ruas Thiemauer e Tiefe Straße estão fechadas.

14h23 – A Mühlenstraße está parcialmente inundada. A TBR e a THW já colocaram grandes parcelas no local. Estão a ser acrescentadas outras grandes parcelas, uma vez que a água está a subir.

Prevê-se mais chuva para as próximas 36 horas. O nível do rio continuará a subir em conformidade. Os bombeiros Rheine, a cidade, os serviços técnicos e a THW estão a acompanhar a situação e a trabalhar arduamente para proteger o centro da cidade de novas inundações.

Devido à inundação do Ems, algumas estradas e caminhos rurais em redor de Rheine já estão encerrados. Por conseguinte, a cidade apela a todos os cidadãos para que respeitem os encerramentos. Como os caminhos e estradas não são reconhecíveis devido à água, há um risco acrescido de acidentes nesta zona! As florestas também devem ser evitadas, uma vez que o solo húmido e os ventos previstos fazem com que as árvores deixem de ser estáveis e possam cair.

Em caso de emergência, pode ainda ligar para o 112!